domingo, 23 de abril de 2017 - 08:26h
Servidores conhecem formas de contratar bons serviços de TI com a otimização de recursos
O modelo de contratação apresentado no Amapá é adotado pelo governo federal e baseado em Instrução Normativa do Ministério do Planejamento.
Por: Célio Conrado
Foto: Sidney Cardoso
Treinamento foi ministrado pelo auditor federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU), André Luiz, na Unifap.

Servidores do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação do Amapá (Prodap) conheceram o modelo de contratação dos serviços de Tecnologia da Informação (TI), adotado pela administração pública federal. A ideia foi chamar a atenção por meio de exemplos reais de possíveis problemas e situações que podem ser evitadas, enfrentados pelos responsáveis em fazer licitação e contratação de bens e serviços de TI.

O modelo foi apresentado pelo auditor federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU), André Luiz, que ministrou o curso “Elaboração de Termo de Referência para Contratação de soluções de TIC da IGP – Brasil”. O evento ocorreu no período de 17 a 20 de abril, na Universidade Federal do Amapá (Unifap), em Macapá, e foi realizado pela IGP – Brasil, instituição voltada para o fortalecimento da gestão pública.

O curso teve o objetivo de provocar, no servidor público, a consciência e capacidade para um bom planejamento e eficiência na contratação e aquisição de bens e serviços, se utilizando da melhor maneira, os recursos públicos. E levando em consideração, os princípios da administração pública.

O modelo de contratação de serviços de TI, adotado pelo governo federal e apresentado aos profissionais amapaenses, está baseado nos conceitos previstos na Instrução Normativa IV da Secretaria de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento.

Otimização de recursos

O auditor federal destacou dois pontos importantes para a realização do treinamento. O primeiro diz respeito à questão financeira. Pois, normalmente, as contratações na área de TI envolvem valores elevados exigindo expertise na aquisição dos serviços. E o segundo aspecto está na importância da Tecnologia da Informação, considerada essencial na realização de quase todas as atividades, tanto no setor público, quanto no privado.

“Se você contrata da melhor maneira possível, a tendência é investir menos, otimizar os recursos e ter resultados maiores. Se você não contratar bem um serviço de TI, na maioria das vezes, outros projetos não conseguem deslanchar e o cidadão não consegue ser bem atendido por causa de falha nas ferramentas de TI”, orientou André Luiz.

Durante as aulas, os participantes puderam questionar e discutir, numa troca de experiências, casos vividos no seu dia a dia. O gerente de Produção do Prodap, José Moreira, que participou do curso, percebeu que o treinamento, proporcionou uma realidade focada nas soluções de tecnologia para o Prodap e para o governo do Amapá.

“O treinamento nos socializa com as normas, nos fundamenta nesse processo de desenvolvimento do termo de referência e nos conduz às soluções tecnológicas de maneira correta. Agora, é agregar esse conhecimento à nossa experiência, dentro do próprio órgão, obedecendo a esses critérios e cuidados”, concluiu Moreira.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
Rua São José, S/N - Cep: 68900-110, Macapá - AP - (96) 3131-2637 - cotec@prodap.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2017 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá